Dossiê Temático: Crítica feminista e arqueologia brasileira

2017-08-30

Os editores da Revista de Arqueologia comunicam aos leitores e demais interessados que o número 2 do volume 30, que deverá ser publicado no segundo semestre de 2017, consistirá em um dossiê temático intitulado Crítica feminista e arqueologia brasileira. Este número da Revista será organizado pela Dra. Loredana Ribeiro (UFPel). 

Confira o resumo da chamada para contribuir com a publicação:

Mesmo que gênero e teorias feministas não sejam incluídos freqüentemente nas pesquisas arqueológicas brasileiras, constam na produção intelectual da área ao menos desde a década de 1990. Inclusive, nos últimos sete anos aparentemente se publicou tanto ou mais sobre gênero que no total dos quinze anos anteriores. Ainda assim, as publicações são dispersas, as obras temáticas são poucas e não há traduções disponíveis da literatura especializada. Fora do âmbito das publicações, o interesse crescente é visível em palestras, mesas, simpósios temáticos e grupos de trabalho sobre gênero que nos últimos anos começaram a constar com mais regularidade na programação de eventos científicos da arqueologia. Com a intenção de estimular esse interesse através de um debate com a crítica feminista, a presente chamada pública para o dossiê da Revista de Arqueologia convida a por em circulação diferentes abordagens feministas que lidem empiricamente com gênero, seja nos mais diversos contextos materiais, seja na prática disciplinar (práticas, narrativas e discursos arqueológicos, socialização do conhecimento, etc.). São igualmente bem vindos trabalhos que discutam a participação do mundo material na constituição relacional do gênero; crítica feminista e arqueologia; corpo e gênero; heteronormatividade e dicotomia do gênero; interseccionalidade; entre outras possibilidades de diálogo com teorias feministas e queer, incluindo traduções.