Entre rios, dunas, lagoas e o mar

Arqueologia Guarani no litoral sul de Santa Catarina

  • Josiel dos Santos Setor de Arqueologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC)
  • Rafael Guedes Milheira Universidade Federal de Pelotas
  • Juliano Bitencourt Campos Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC)

Resumo

Este artigo trata da ocupação Guarani no litoral sul de Santa Catarina, na região entre os rios Mampituba e Urussanga, cujo contexto ambiental é caracterizado por uma dinâmica cambiante de dunas, paleodunas, rios de pequeno e médio porte, lagoas quaternárias e o oceano Atlântico. A partir do estudo de 36 sítios arqueológicos, em uma perspectiva ecológica e sistêmica, apontamos as evidências materiais que indicam as diferentes estratégias de organização do espaço (aldeias, acampamentos e áreas funerárias) dentro de um território de domínio. Buscamos, ainda, refletir sobre o processo de ocupação e abandono desses assentamentos tardios, inseridos no contexto altamente conflitivo do aprisionamento de indígenas no início da colonização europeia no século XVI.

Referências

ASSIS, V. 1996. Da espacialidade Tupinambá. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
BRONK RAMSEY, C.; LEE, S. 2013. Recent and Planned Developments of the Program OxCal. Radiocarbon, 55(2-3):720-730.
BROCHADO, J. J. P. 1984. An Ecological Model of the Spread of Pottery and Agriculture Into Eastern South América. Tese de Doutorado. Champaign, University of llinois.
BROCHADO, J. J. P. 1989. A expansão dos Tupi e da cerâmica da tradição policrômica amazônica. Dédalo, São Paulo, 27:65-82.
BROCHADO, J. J. P. & MONTICELLI, G. 1994. Regras práticas na reconstrução gráfica das vasilhas de cerâmica Guarani a partir dos fragmentos. Estudos Ibero-americanos, Porto Alegre, 20(2):107-118.
BROCHADO, J. J. P.; MONTICELLI, G.; NEUMANN, E. 1990. Analogia etnográfica na reconstrução gráfica das vasilhas Guarani arqueológicas. Veritas, 35(140):727-743.
CAMPOS, J. B. 2015. Arqueologia Entre Rios e a Gestão Integrada do Território no Extremo Sul de Santa Catarina – Brasil. Tese de Doutorado. Vila Real, Portugal, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
CAMPOS, J. B. & SANTOS, M. C. P. 2014. Programa de resgate arqueológico da Jazida de Areia Eckert, Campo Mãe Luzia. Relatório Final. Criciúma, UNESC.
CAMPOS, J. B. & SANTOS, M. C. P. 2015. Programa de Resgate Arqueológico do Loteamento Residencial Mirante da Lagoa. Município de Içara (atualmente Balneário Rincão). Criciúma, IPAT/UNESC.
CAMPOS, J. B.; SANTOS, M. C. P.; ROSA, R. C.; RICKEN, C.; ZOCCHE, J. J. 2013. Arqueologia Entre Rios: do Urussanga ao Mampituba. Registros arqueológicos pré-históricos no extremo sul catarinense. Cadernos do LEPAARQ, Pelotas, 10(20):9-40.
DIAS, A. S. 2003. Sistemas de assentamento e estilo tecnológico: uma proposta interpretativa para a ocupação pré-colonial do Alto Vale do Rio dos Sinos, Rio Grande do Sul. Tese de Doutorado. São Paulo, Universidade de São Paulo.
DIAS, A. S. & SILVA, S. B. 2014. Arqueologia Guarani no Lago Guaíba: refletindo sobre a territorialidade e a mobilidade pretérita e presente. In: MILHEIRA, R. G. & WAGNER, G. P. Arqueologia Guarani no litoral Sul do Brasil. Curitiba, Appris, pp. 81-114.
DUARTE, G. M. 1995. Depósitos cenozóicos costeiros e morfologia do extremo sul de Santa Catarina. Tese de Doutorado. São Paulo, Universidade de São Paulo.
GARLET, I. J. 1997. Mobilidade Mbyá: história e significação. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
HOGG, A. G.; HUA, Q.; BLACKWELL, P. G.; NIU, M.; BUCK, C. E.; GUILDERSON, T. P.; HEATON, T. J.; PALMER, J. G.; REIMER, P. J.; REIMER, R. W.; TURNEY, C. S. M.; ZIMMERMAN, S. R. H. 2013. SHCal13 Southern Hemisphere Calibration, 0-50,000 Years cal BP. Radiocarbon, 55(4):1889-1903.
JACQUES, C. C. 2007. As pessoas e as coisas: análise espacial em dois sítios arqueológicos, Santo Antônio da Patrulha, RS. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
JUSTUS, J. O.; MACHADO, M. L. A.; FRANCO, M. S. M. 1986. Geomorfologia. In: Projeto RADAMBRASIL. Folha SH-22 - Porto Alegre e parte das folhas SH-21 – Uruguaiana e SI-22 – Lagoa Mirim, Rio de Janeiro. (Levantamento de Recursos Naturais, v.33): 313-404.
KAUL, P. F. T. 1990. Geologia. In: Geografia do Brasil; Região Sul. Rio de Janeiro, IBGE, v. 2, pp. 29-54.
KLEIN, R. M. 1978. Mapa Fitogeográfico de Santa Catarina. In: REITZ, R. (Ed.). Flora Ilustrada Catarinense. Itajaí, Herbário Barbosa Rodrigues.
LA SALVIA, F. & BROCHADO, J. J. P. 1989. Cerâmica Guarani. Porto Alegre, Posenato Arte e Cultura.
LAVINA, R. 1999. Projeto de salvamento arqueológico da ZPE Imbituba, SC. Relatório Final. Criciúma, IPAT/UNESC.
LAVINA, R. 2000. Relatório Final do Projeto de Salvamento Arqueológico da Rodovia Interpraias. Criciúma, IPAT/UNESC.
LAVINA, R. 2006. Levantamento Arqueológico da Jazida de Areia Eckert, Hercílio Luz – Araranguá/SC. Relatório de Pesquisa. Criciúma, IPAT/UNESC.
LINGNER, D. V.; SEVEGNANI, L.; GASPER, A. L.; UHLMANN, A.; VIBRANS, A. C. 2013. Grupos florísticos estruturais da Floresta Ombrófila Densa em Santa Catarina. In: VIBRANS, A. C.; SEVEGNANI, L.; GASPER, A. L.; LINGNER, D. V. (Eds.). Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina. V. 4. Floresta Ombrófila Densa. Blumenau, Edifurb, pp. 143-157.
LINO, J. T. 2007. Arqueologia Guarani na Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá, Santa Catarina. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
LINO, J. T. 2009. Arqueologia Guarani no Vale do Rio Araranguá, Santa Catarina. Erechim/RS, Habilis.
MARTIN, L.; SUGUIO, K.; FLEXOR, J. M.; AZEVEDO, A. E. G. 1988. Mapa geológico do quaternário costeiro dos estados do Paraná e Santa Catarina: texto explicativo e mapa. Brasília, DNP. Série Geologia 28, seção Geologia Básica 18.
MILHEIRA, R. G. 2008a. Território e estratégia de assentamento Guarani na planície sudoeste da Laguna dos Patos e Serra do Sudeste-RS. Dissertação de Mestrado. São Paulo, Universidade de São Paulo.
MILHEIRA, R. G. 2008b. Um modelo de ocupação regional Guarani no sul do Brasil. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo, 18:19-46.
MILHEIRA, R. G. 2010. Arqueologia Guarani no litoral sul-catarinense: história e território. Tese de Doutorado. São Paulo, Universidade de São Paulo.
MILHEIRA, R. G. & DEBLASIS, P. 2013. O território Guarani no litoral sul catarinense: ocupação e abandono no limiar do período colonial. Revista de Arqueologia Americana, 29:147-182.
MILHEIRA, R. G. & WAGNER, G. P. 2014. Arqueologia Guarani no litoral Sul do Brasil. Curitiba, Appris.
MONTEIRO, J. M. 2005. Negros da terra: índios e bandeirantes nas origens de São Paulo. São Paulo, Companhia das Letras.
NEUMANN, M. A. 2008. Ñande Rekó: diferentes jeitos de ser Guarani. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
NOELLI, F. S. 1993. Sem tekoha não há tekó: em busca de um modelo etnoarqueológico da subsistência e da aldeia Guarani aplicado a uma área de domínio do delta do Jacuí – RS. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
NOVAES, S. C. (Org.). 1983. Habitações Indígenas. São Paulo, EDUSP.
PEREIRA, G. S. 2014. Utilização das plantas pelos Guarani. Monografia de Graduação em Ciências Biológicas. Criciúma, Universidade do Extremo Sul Catarinense.
PEREIRA, G. S.; NOELLI, F. S.; CAMPOS, J. B.; SANTOS, M. P.; ZOCCHE, J. J. 2016.Ecologia Histórica Guarani: as plantas utilizadas no Bioma Mata Atlântica do litoral sul de Santa Catarina, Brasil (Parte 1). Cadernos do LEPAARQ, Pelotas, 13(26):197-246.
PESTANA, M. B. 2007. A tradição Tupiguarani na porção central da planície costeira do Rio Grande do Sul, Brasil. Dissertação de Mestrado. São Leopoldo/RS, Universidade do Vale do Rio dos Sinos.
RIBEIRO, P. A. M. 2004. Levantamentos arqueológicos na porção central da planície costeira do Rio Grande do Sul, Brasil. Revista de Arqueologia, São Paulo, 17:85-99.
RICKEN, C.; ROSA, R. C.; MENEGHINI, J. W.; CAMPOS, J. B.; ZOCCHE, J. J. 2013. A dinâmica da paisagem e o povoamento pré-histórico no sul de Santa Catarina. Tempos Acadêmicos, 11:163-184.
RODRIGUES, J. 1940. A missão dos carijós – 1605-1607. In: LEITE, S. (Org.). Novas Cartas Jesuíticas (De Nóbrega a Vieira). São Paulo, Companhia Editora Nacional.
ROGGE, J. H. 2006. Os sítios arqueológicos estudados no litoral central. Pesquisas, Antropologia, 63:133-178.
ROGGE, J. H. & SCHMITZ, P. I. 2010. Projeto Arroio do Sal: a ocupação indígena pré-histórica no litoral norte do RS. Pesquisas, Antropologia, São Leopoldo, 68:167-225.
ROHR, J. A. 1969. Os sítios arqueológicos do município sul-catarinense de Jaguaruna. Pesquisas, 22:1-37.
ROHR, J. A. 1973. A pesquisa arqueológica do estado de Santa Catarina. Dédalo, 17/18:49-65.
ROHR, J. A. 1976. Pré-história da Laguna. In: CABRAL, O. R. (Coord.). Santo Antônio dos Anjos da Laguna. Seus valores históricos e humanos. Florianópolis, Imprensa Oficial do Estado de Santa Catarina, pp. 13-50.
ROHR, J. A. 1984. Sítios arqueológicos de Santa Catarina. Anais do Museu de Antropologia, 17:77-168.
SANTA CATARINA. 1986. Gabinete de Planejamento e Coordenação Geral. Subchefia de Estatística, Geografia e Informática. Atlas de Santa Catarina. Rio de Janeiro, Aerofoto Cruzeiro.
SANTOS, M. C. P.; PAVEI, D. D.; CAMPOS, J. B. 2016. Arqueologia Entre Rios: do Urussanga ao Mampituba. Paleoambiente, cultura material e ocupação humana na paisagem litorânea do extremo Sul catarinense entre 3.500-200 anos AP. Cadernos do CEOM, Chapecó (SC), 29(45):64-86.
SEVEGNANI, L.; VIBRANS, A. C.; GASPER, A. L. 2013. Considerações Finais sobre a Floresta Ombrófila Densa e Restinga. In: VIBRANS, A. C.; SEVEGNANI, L.; GASPER, A. L.; LINGNER, D. V. (Eds.). Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina. V. 4. Floresta Ombrófila Densa. Blumenau, Edifurb.
SOARES, A. L. R. 1997. Guarani: organização social e arqueologia. Porto Alegre, EDIPUCRS.
TREIN, H. A. 2008. A implicação antrópica na qualidade dos recursos hídricos subterrâneos da bacia hidrográfica do rio Urussanga – SC. Tese de Doutorado. Rio Claro/SP, Universidade Estadual Paulista.
VAL, C. 2015. Ocupação pré-histórica e mudanças paleoambientais na planície costeira sul-catarinense: abordagem integrada com base em dados palinológicos. Dissertação de Mestrado. Portugal, Instituto Politécnico de Tomar / Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
WAGNER, G. P. 2004. Ceramistas Pré-coloniais do Litoral Norte. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
WAGNER, G. P. 2014. O povoamento Guarani do litoral norte do Rio Grande do Sul e suas relações com os demais ocupantes da região. In: MILHEIRA, R. G.; WAGNER, G. P. Arqueologia Guarani no litoral Sul do Brasil. Curitiba, Appris, pp. 39-622.
Publicado
2017-07-03
Como Citar
SANTOS, Josiel dos; MILHEIRA, Rafael Guedes; CAMPOS, Juliano Bitencourt. Entre rios, dunas, lagoas e o mar. Revista de Arqueologia, [S.l.], v. 30, n. 1, p. 28-55, jul. 2017. ISSN 1982-1999. Disponível em: <http://www.revista.sabnet.com.br/revista/index.php/SAB/article/view/501>. Acesso em: 24 nov. 2017. doi: https://doi.org/10.24885/sab.v30i1.501.
Seção
Artigos